Moçambique sai da lista dos países em alto risco de fome

0
120

Nampula (IKWELI) – O Programa Mundial de Alimentação (PMA), uma agência das Nações Unidas, declarou a 5 de Agosto corrente que Moçambique saiu da lista dos países em alto risco de fome para um país estável, onde 2,6 milhões de pessoas saíram da insegurança alimentar por conta da boa colheita na campanha agrícola 2021/2022.

Actualmente, pelo menos 12 países em todo mundo encontram-se na situação de prevalência de consumo insuficiente de alimentos, precisamente o Afeganistão, a Somália, Níger, Sudão do Sul, Mali, Guine, Mauritânia, Burquina Faso, Iémen, Serra Leoa, Haiti e República Árabe da Síria.

Este organismo das Nações Unidas indica ainda que Moçambique encontra-se numa de risco moderado e estável, onde a prevalência é inferior a 40% e sem deterioração significativa observada nos 90 dias antes da publicação desta posição.

Através do programa SUSTENTA, implementado pelo ministério moçambicano da Agricultura e Desenvolvimento Rural, o país tem vindo a registar nos anos um aumento da produção e da produtividade exponencial, tanto quanto o rendimento das famílias produtoras, também, tem aumentado significativamente. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui