Mogincual ultrapassa a meta de jovens inscritos no serviço o militar obrigatório

0
249

Nampula (IKWELI) – O distrito de Mogincual, localizado na província de Nampula, recenseou 522 mancebos de um total de 450 previstos no processo do serviço militar obrigatório que decorreu em todo território nacional de 02 de janeiro a 28 de fevereiro do ano em curso, ultrapassando a meta em mais de 100%.

Em entrevista ao Ikweli, o administrador de Mogincual, Ricardo Batalha, disse que dos 522 jovens inscritos, apenas 139 são mulheres, um dado que satisfaz o distrito, visto que no passado o género feminino não tinha interesse no processo de recenseamento militar, na justificativa de ser algo virado para os homens.

“Hoje em dia as mulheres estão mais informadas e educadas, daí que abre espaço para poder perceber mais sobre a importância da cidadania ou da importância de poder fazer parte de todas actividades que existem no nosso quotidiano. São factos inegáveis que o país alcançou vários ganhos na questão da paridade de género em que as mulheres vêm ganhando espaço e as mulheres jovens se sentem motivadas, associando a facilidade que têm de poder estar em qualquer ponto para puderem se impor como um ser que pode desempenhar qualquer tipo de função”, explicou.

Por outro lado, sem avançar o número, o Delegado provincial do Centro de Recrutamento de Nampula, Eugénio Tiago, disse que a província conseguiu atingir e ultrapassar a meta prevista que era de 23 mil jovens.

Tiago afirmou, apenas, que, neste momento, decorre ao nível da delegação provincial, um processo de regularização dos jovens que não conseguiram recensear-se durante o período previsto.

Importa lembrar que o governo de Moçambique tinha como meta recensear mais de 220 mil jovens, dos quais 147.114 homens e 74.027 mulheres. Trata-se de um processo que abrangeu jovens entre os 18 e 35 anos de idade, igualmente, cidadãos moçambicanos residentes no estrangeiro, que podiam inscrever-se junto às missões diplomáticas e consulares, nos países onde se encontram a viver.

Ao nível do país, tinham sido criados 1670 postos de recenseamento, distribuídos em 1499 locais fixos e 171 móveis. (Ângela da Fonseca)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui