Missão do Banco Mundial atribui nota positiva ao GREPOC

0
56

Beira (IKWELI) – A Missão do Banco Mundial que trabalhou na cidade da Beira, de segunda a quarta-feira, onde visitou as obras de Protecção Costeira, Valas de Drenagens, Edifícios Públicos, Habitações e empreendimentos do Sector Privado, no âmbito da reconstrução pós-ciclones que está a ser levada a cabo pelo Gabinete de Reconstrução Pós-Ciclones (GREPOC) diz estar satisfeita com o progresso das actividades e assegura que vai continuar a financiar as intervenções do GREPOC no âmbito da reconstrução pós ciclones.

A visita a cidade da Beira que tinha como objectivo monitorar a implementação dos projectos financiados pelo Banco Mundial, que estão a ser implementados pelo Gabinete de Reconstrução Pós-Ciclones e pela Administração de Infra-estruturas de Água e Saneamento (AIAS), com assistência técnica da UN-HABITAT.

Na manhã da última quarta-feira, a Missão do Banco Mundial, liderada por Lizardo Narvaez Marulanda, confirmou o cronograma e distribuição orçamentária de todas as actividades críticas do projecto CERRP até à data do encerramento. Na visita efectuada ao Bairro da Munhava, Marulanda ficou impressionado pelo trabalho de corte e costura de mulheres, no âmbito de recuperação pós-ciclones.

Por sua vez, Luís Paulo Mandlate, Diretor Executivo do GREPOC, reiterou compromisso da entidade que dirige na reconstrução pós ciclones e na mobilização de recursos para dar vazão as preocupações dos afectados.

Refira-se que o Banco Mundial tem apoiado Moçambique na resposta aos choques climáticos desde 2019, incluindo no arranque do primeiro seguro de risco soberano para protecção contra ciclones e chuva. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui