MISA e SNJ exigem responsabilização do director da Educação que atropelou jornalista da TV Sucesso em Nacala

0
406

Nampula (IKWELI) – O Instituto para Comunicação Social da África Austral (MISA-Moçambique) e o Sindicato Nacional de Jornalistas (SNJ) exigem que o director dos Serviços Distritais de Educação, Juventude e Tecnologia (SDEJT) de Nacala, na província de Nampula, que, intencionalmente atropelou com uma viatura ao jornalista da TV Sucesso, Filismar Essiaca, seja exemplarmente responsabilizado.

Este episódio deu-se na última segunda-feira (8), quando, por insistência, o repórter procurava ouvir de Alexandre Mário Nicotua, director dos SDEJT de Nacala, o seu posicionamento sobre a reunião que acabava de ter com professores que reivindicam o pagamento de horas extraordinárias.

“A minha perna sofreu, segundo o ortopedista tem que colocar gesso e ficar 30 dias sem fazer nenhuma actividade”, disse ao Ikweli a vítima.

Em comunicado de imprensa, o MISA Moçambique retrata que o repórter “foi atropelado quando tentava obter reação do director distrital da Educação sobre reivindicações de professores”, facto que atenta contra a liberdade de imprensa, por isso “o MISA insta as autoridades da Justiça, em Nacala, a actuarem de forma exemplar para a responsabilização do diretor distrital da Educação”.

Igualmente, Nictoua foi desumano a ponto de não prestar socorro a vítima e, ainda, “danificou parte do equipamento de trabalho da televisão”.

Por seu turno, o SNJ, sensibilizado, lamenta “e repudia a atitude do director dos Serviços Distritais de Educação, Juventude e Tecnologia de Nacala, não só pelos danos físicos que causou ao jornalista da TV Sucesso, como também por tal atitude configurar uma violação à Lei de Imprensa em vigor no país, no que se refere ao livre acesso dos jornalistas à informação de interesse público”. (Hermínio Raja e Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui