Niassa: SENSAP apela urbanismo na transição de ano

0
243

Lichinga (IKWELI) ˗ O Serviço Nacional de Salvação pública (SENSAP), no Niassa, apela aos cidadãos da terra dos Matakas a pautarem por medidas preventivas durante a transição do ano novo que se aproxima, de forma que as comemorações sejam em segurança.

O apelo foi lançado pelo porta-voz do SENSAP, Ernesto Matine, durante uma colectiva de imprensa que tinha como objectivo falar sobre o nível de prontidão durante a transição do ano.

Na ocasião, a fonte chamou atenção aos pais e encarregados de educação, no sentido de assegurar maior controlo dos seus filhos no uso de objectos pirotécnicos para que não haja casos de acidentes causados por fogos-de-artifício.

“Os menores não podem manusear esses objectos. As pessoas certas que podem usar devem ser maiores de 18 anos e outra componente muito importante é que ninguém deve manusear os objectos pirotécnicos depois de consumir bebidas alcoólicas. O que está em jogo é que nós como encarregados de educação temos que velar pelas nossas crianças. Elas são menores e não têm noção do perigo, ou seja, nós como encarregados de educação é que temos que fazer de tudo para que as crianças não comprem esses objectos e não manuseiem”, avançou.

Por outro lado, Matine afirmou que foram reforçados recursos humanos para garantir a rápida intervenção durante a passagem do ano novo.

“O SENSAP desenhou um plano específico, onde todos os aspectos estão acautelados em termos de recursos humanos, assim como meios técnicos e logísticos. Em termos de recursos humanos reforçou-se o sector operativo pelo administrativo para garantir a rápida intervenção em casos de necessidade”, explicou.

No que diz respeito aos afogamentos, o sector diz que alocou uma embarcação para o distrito do Lago por forma a garantir o socorro prévio, bem como uma equipa que estará a fazer piquete interventivo em locais de maior aglomeração populacional.

“Assim como teremos outra equipa que estará a fazer intervenções nos balneários para fazer intervenção em casos de necessidade, mas também, a mesma equipa vai sensibilizar a todos os usuários das praias para não se fazerem aos lagos, assim como as praias depois de consumir algumas bebidas alcoólicas”, disse.

O porta-voz avançou ainda que os fogos-de-artifício devem ser lançados em locais certos e na hora indica, que é das 23 horas e 50 minutos as zero horas e 10 dez minutos. Sendo que a compra dos objectos pirotécnicos deve ser feita em estabelecimentos devidamente credenciados. (Ângela da Fonseca)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui