3 Óbitos durante a festa do Dia da Família em Nampula

0
574
O jovem extorquia os pacientes em troca dos beneficios que tem como doador de sangue

Nampula (IKWELI) – O Hospital Central de Nampula (HCN) refere que durante as festividades do dia do Natal e da Família, pelo menos, 3 óbitos foram registados naquela que é a maior unidade sanitária do norte de Moçambique.

A porta-voz da instituição, a Dra. Dalva Khosa, explicou que os óbitos foram em consequência de doenças crónicas, incluindo a malária, por isso mesmo teve de se interromper os serviços de consulta externa para responder com a demanda nesta quadra festiva.

Em termos de entradas, esta fonte anotou que foram 405 (quatrocentos e cinco) pacientes. Ainda assim, a porta-voz do HCN considera ter sido calmo o período, por isso mesmo “quero aqui parabenizar a toda comunidade por não ter tido excessos de ânimos durante este natal”.

Khosa explica que a prontidão do HCN, sobretudo na disponibilidade de unidades de sangue, é segura, pois “nós contamos com 201 unidades de sangue”, mas “aproveito este momento para apelar aos familiares dos pacientes internados que precisam de sangue para que se dirijam ao Banco de Sangue para fazer a sua doação”.

Em termos de entradas ligadas a acidentes de viação, a Dra. Khosa anota terem sido registado 30 casos, cuja maioria é atribuída aos táxis de mota.

“Em relação a trauma tivemos 59 casos, e neste trauma não houve nenhum acidente colectivo. Tivemos, igualmente, trinta acidentes de viação provocados por motorizadas e bicicletas, tivemos 19 agressões físicas, 6 doentes atendidos por quedas, 2 intoxicações alimentares, 1 caso de queimadura e 2 casos de mordeduras caninas”, concluiu esta fonte. (Malito João)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui