Nacala: Renamo boicota eleição e apenas 28.56% dos eleitores foram as urnas

0
294

Nacala (IKWELI) – A Comissão Distrital de Eleições (CDE) de Nacala anunciou na manha desta segunda-feira (11) os resultados da repetição da votação em duas assembleias, precisamente instaladas nas escolas primárias Cristo é Vida e de Murrupelane, tendo afirmado a vitória do partido Frelimo.

O presidente da CDE de Nacala, Gaspar Luante, disse que “das 18 mesas de voto, com mais de 12.893 inscritos nas duas assembleias de voto na EPC de Cristo é Vida e Murrupelane, somente foram as urnas 3.694 eleitores que corresponde a 28.65 %, e o total de abstenções foi de 9.199, correspondente a 71.35%”.

Dos votos válidos, segundo a CDE de Nacala, “temos MDM 89 votos que corresponde a 2. 51%, a RENAMO 221 votos que corresponde a 6.23% e a FRELIMO 3.227 votos que corresponde a 90.90%, a Coligação Aliança Democrática tem 6 votos que corresponde 0.17%, Nova Democracia 2 votos que corresponde a 0.06%, Azu 1 voto que corresponde a 0.03%, Pahumo 2 votos que corresponde á 0.06%, AMUSI 2 votos que corresponde 0.06%, Revolução Democrática que corresponde á 0.00%. São esses resultados que temos a honra de anunciar, portanto a repetição em Nacala era somente para duas assembleias de voto”.

“A Frelimo aniquilou a democracia” – Raul Novinte

Raul Novinte, presidente do conselho autárquico da cidade de Nacala, aponta haver fragilidade na democracia moçambicana, dai que o combinado dos seus membros e simpatizantes da RENAMO era de não pisar na mesa da assembleia de voto tanto a EPC de Murrupelane e Cristo é Vida, um plano que foi concretizado com sucesso.

“Nós sentimos a matança, assassinato e o  aniquilamento da  democracia, porque nós fomos ver que a RENAMO, um partido democrático, obedeceu o combinado havido com o povo de Nacala de o membro do partido não votar  e dito feito nenhum membro do partido foi votar,  mas assistimos nos resultados vinte e quatro, catorze votos inventados dos membros da  RENAMO que não existiu, e também fomos ver  os números que  lá constam  não são verdadeiros são votos inventados, a FRELIMO nunca teve lá 200 eleitores porque ninguém foi votar, agora o povo já está sabendo que ele é que manda, é que deve decidir quem vai mandar. Ora vejamos, numa assembleia de voto que estima cerca de nove mil votos, agora simplesmente mil votos voltaram isso é uma demonstração que oito mil são da RENAMO”, disse Novinte, momentos após o anúncio dos resultados pela CDE.

Este político disse que a votação em Nacala está voltada para a polícia, que desde o primeiro dia usou todo material bélico para atormentar a população.

Por seu turno, o partido FRELIMO na pessoa do seu porta-voz local, Alberto Atumane, diz estar felizardo com a vitória. “Sentimos nós que foi uma repetição que nos trouxe a tranquilidade”.

“Conforme aquilo que foi a orientação do Conselho Constitucional, os munícipes de Nacala foram as urnas e depositaram o seu voto no partido FRELIMO”, disse Atumane. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui