Nacala: Frelimo acusa a Renamo de desvirtuar verdade para gerar pânico

0
657

Nacala (IKWELI) – Por decisão do Conselho de Ministros, na sequência do acórdão de validação das 6ª eleições autárquicas, duas assembleias de voto deverão repetir a eleição no próximo dia 10 do corrente mês e nas vésperas do acto, os principais partidos começam a digladiar-se.

O partido Frelimo, a que a Comissão Distrital de Eleições de Nacala (CDE) tinha atribuída vitória, acusa a Renamo de estar a propalar mentiras sobre a viciação prévia do processo, de forma a criar pânico.

Alberto Atumane, porta-voz da Frelimo em Nacala, disse a imprensa que o seu partido “tomou conhecimento da circulação, em diversas plataformas das redes sociais, de mensagens que não abonam ao seu bom nome. Hoje é associado a práticas incorrectas que consubstanciam ilícitos eleitorais previstos e puníveis a luz da legislação na República de Moçambique”.

Tal associação, segundo a fonte, “fortemente vinculada por indivíduos bem identificados, vestidos de má intenção, hoje consta do seu modus operandi desvirtuar a verdade dos factos a favor da promoção do pânico na sociedade”.

“Estamos cientes da preocupação em torno do processo em curso, o qual terá o seu ponto mais alto no dia 10 de Dezembro, data que por decisão do Conselho de Ministros, na sequência do acórdão do Conselho Constitucional, deverá ter lugar a repetição das eleições em, pelo menos, 2 assembleias de voto, correspondente à 18 mesas no município de Nacala, província de Nampula. Face a esta realidade, a Frelimo guiada do seu slogan: A vitória prepara-se, a vitória organiza-se, está no terreno a trabalhar junto dos seus membros e simpatizantes com vista a alcançar a almejada vitória”, disse Atumane, concluindo que, “no entanto, e porque a Renamo está desprovida de argumentos e como sempre nada faz por merecer, procura propalar inverdades, acusando a Frelimo de práticas com as quais não é identificado, só para ganhar protagonismo e perturbar o processo”. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui