Canadianos, Norueguesas e Suíços expressam preocupação face as irregularidades eleitorais no país

0
271

Maputo (IKWELI) – O Alto Comissariado do Canadá e as embaixadas da Noruega e Suíça expressaram recentemente a sua preocupação face as irregularidades eleitorais relatadas, no escrutínio de 11 de outubro passado e durante o processo de apuramento dos votos.

Por via de um comunicado enviado à redação do Ikweli, as três instituições diplomáticas apelam aos partidos políticos visados no processo a canalizarem as suas reivindicações através dos mecanismos apropriados e estabelecidos no quadro jurídico do país.

No entanto chamam atenção as instituições relevantes para que possam tramitar os pedidos de acordo com a lei em vigor com vista a garantir confiança na integridade do processo democrático.

“O Alto Comissariado do Canadá, a Embaixada da Noruega e a Embaixada da Suíça apelam a todas as partes para que continuem a envidar esforços no sentido de defender os direitos humanos, o estado de direito e para que os Órgãos de Gestão Eleitoral garantam um processo eleitoral transparente e justo. As eleições são a pedra angular da democracia. É essencial garantir que as mesmas sejam realizadas de forma pacífica, transparente e ordeira”, lê-se no comunicado.

Apesar das irregularidades, as três organizações destacaram o facto das sextas eleições autárquicas terem sido marcadas pela elevada participação de mulheres e jovens que exerceram o seu direito para através disso, decidirem o futuro do país. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui