Lixo obstrói circulação no terminal da Eduardo Mondlane

0
81

Nampula (IKWELI) – O lixo acumulado no terminal de “chapa-100” da rota Muhala Expansão, no fim da avenida Eduardo Mondlane, na cidade de Nampula, deixa preocupado e insatisfeito aos utentes daquela via, incluindo os moradores.

Segundo contaram ao Ikweli, a edilidade chefiada por Paulo Vahanle está há dois meses que não removem os resíduos sólidos ali depositados, e com o tempo os mesmos vão liberando cheiro nauseabundo, facilitando a multiplicação de moscas, mosquitos e baratas, o que pode atentar a saúde das pessoas.

“Fica difícil vivemos em um ambiente que coloca em risco a nossa saúde, mas ainda como munícipes continuaremos a manifestar as nossas preocupações até que sejam resolvidos”, disse o morador Molde Momade, comentando que as condutas de água naquele ponto encontram-se danificadas, o que faz com que a água escoe para o mesmo local onde tem lixo, piorando a situação.

A dona Irene vende comida confecionada próximo ao local, e conta que está naquele “local antes da existência do lixo e quando começou a ser acumulado neste local pelas autoridades do conselho municipal deixou-nos preocupado, porque sabemos que conviver com o lixo próximo de pessoas é um perigo, mas ainda estamos aqui a revender a refeição que fizemos para conseguirmos satisfazer as nossas necessidades como mulheres e sempre estamos a fazer o melhor para proteger a comida que revendemos”.

A nossa fonte afirmou que aquele lixo faz com que “percamos os nossos clientes que são alguns taxistas de motorizadas e transportadores de passageiros que recorriam a este lugar para tomar refeição”.

Estas nossas fontes esperam que a remoção do lixo seja breve, sobretudo para garantir a transitabilidade e tornar o ambiente saudável naquele ponto. (Nelsa Momade)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui