Polícia confirma detenção de duas pessoas por prática de ilícitos eleitorais na cidade de Nampula

0
368

Nampula (IKWELI) – Dois indivíduos estão detidos nas celas da 2ª Esquerda, na cidade de Nampula, acusados prática de ilícitos eleitoral, segundo dados da Polícia da República de Moçambique (PRM).

Entre os detidos, um é apontado de invasão a urna enquanto o presidente de uma das mesas instaladas na escola 22 de Agosto votava e o outro é o delegado da Renamo encontrado na posse de dois cartões de eleitores.

A informação foi avançada pelo porta-voz da polícia Zacarias Nacute, o qual disse que   casos estes foram em flagrante e vão seguir os outros trâmites legais com vista a responsabilização dos indiciados.

O porta-voz reagiu na ocasião a acusação da Renamo de que a polícia está a interferir negativamente no processo para facilitar a Frelimo e disse que a corporação está a trabalhar para garantir a ordem, mediante a solicitação dos membros de mesa.

“Até neste momento o que já nos chegou são esses casos que acabamos de apresentar. Ainda estamos a fazer o trabalho de recolha de informação relativo a todos casos de ilícitos eleitorais que estão a acontecer na província. Vamos assumir que algumas informações ainda não nos chegaram. No entanto, em relação a acusação da má atuação da polícia é preciso evidenciar que em algumas circunstâncias os eleitores acabam violando a conjuntura do processo, criando algum tumulto, facto que leva alguns presidentes a solicitarem a intervenção da polícia para repor a ordem. Estamos a falar que não se trata de uma violação da PRM”, concluiu Nacute. (Ikweli)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui