Japão apoia pessoas afetadas pela violência no norte de Moçambique

0
335

Maputo (IKWELI) – O Programa Mundial para a Alimentação das Nações Unidas (PMA) recebeu uma contribuição de US$ 1,5 milhão (JP¥ 200 milhões) do Governo do Japão para fornecer assistência vital a 50.000 pessoas no norte de Moçambique.

Com esta contribuição do Japão, o PMA fornecerá arroz e peixe enlatado às pessoas afetadas pelo conflito em um momento crítico, quando mais de 3,3 milhões de pessoas enfrentam insegurança alimentar aguda em Moçambique, de acordo com a última Classificação Integrada de Fases de Segurança Alimentar (IPC).

“Moçambique tem sido um parceiro crucial do Japão dentro do plano estratégico de ‘Indo-Pacífico Livre e Aberto (FOIP)’, como expressou o Primeiro-Ministro do Japão, Kishida Fumio, em visita ao país em maio deste ano”, explicou Kimura Hajime, embaixador do Japão em Moçambique. “Esta nova assistência alimentar, em estreita parceria com o PMA, reflete nosso forte compromisso com o povo de Moçambique e nossa amizade”.

Desde 2017, o conflito no norte de Moçambique tem causado um sofrimento imensurável, resultando em perdas de vidas e de meios de subsistência. A crise obrigou inúmeras famílias a abandonar suas casas e terras. Enquanto cerca de 570.000 pessoas retornaram às suas casas, mais de 850.000 pessoas permanecem deslocadas internamente. Ambos os grupos requerem apoio contínuo para reconstruírem suas vidas e recuperarem sua autossuficiência.

“Com o aumento dos preços dos alimentos e dos custos operacionais crescentes, as pessoas afetadas pelo conflito estão enfrentando dificuldades ainda maiores”, disse Antonella D’Aprile, Diretora Nacional do PMA em Moçambique. “Expressamos nossa sincera gratidão ao povo do Japão que consistentemente dá o exemplo estendendo a mão às populações mais vulneráveis de Moçambique”.

O Governo do Japão é um dos parceiros de longa data da assistência prestada pelo PMA em Moçambique. A última contribuição foi a terceira deste ano. Desde 2019, as contribuições totais do Japão para as atividades do PMA em Moçambique totalizam US$ 24,7 milhões. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui