Nampula: Agente da Polícia Municipal detido por exposição e violência sexual à duas mulheres

0
328

Nampula (IKWELI) – Um agente da polícia Municipal, afecto à residência oficial do Presidente de Conselho Municipal da cidade de Nampula, encontra-se detido pelo Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) indiciado de burla e exploração sexual com promessas de emprego a duas jovens de 24 e 25 anos de idade.

Segundo Enina Tsinine, porta-voz do SERNIC em Nampula, o suposto culpado foi neutralizado no último fim-de-semana, depois da denúncia de um dos familiares das duas jovens, depois de uma delas informar que era obrigada a pousar nua e mandar fotografias e vídeos de nudez ao agente policial de 30 anos.

Enina disse, por outro lado, que o indiciado, também, fazia as suas actuações numa das igrejas onde o mesmo professava a sua fé, obrigando as suas vítimas a assinar um termo de confidencialidade para que as informações não pudessem vazar.

“Uma das vítimas, que por tanto tempo se mantinha calada, acabou procurando ajuda de um familiar que ajudou-a denunciar o caso, e a outra vítima de violação sexual teria pago quinze mil meticais por promessa de emprego e nada fez, dai que o mesmo vai responder nesses dois casos que é de burla e violação sexual”, explicou a agente Enina Tsinine que também é porta-voz do SERNIC.

À jornalistas, o indiciado, nega o crime que é lhe imputado e diz tratar-se de uma perseguição política, onde no seu entender todas mulheres que passaram pela sua cama eram suas legítimas namoradas. “As duas foram minhas namoradas, é mentira que eu violentei, e cada uma delas vai ter que provar isso mesmo em tribunal, e elas são maior de idade, porque uma tem 25 e outra tem 24 anos”. (Malito João)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui