Muatala: Meninas da escola secundária local voltam a ter desmaios

0
450

Nampula (IKWELI) – O fenómeno de desmaios que assombrou, em Maio findo, a escola secundária de Muatala, nos arredores da cidade de Nampula, voltou a acontecer nesta quarta-feira (25), com o registo de, pelo menos, cinco casos.

Todas as vítimas são alunas de idades compreendidas entre 13 e 14 anos, das classes que frequentam aulas no período da manhã.

Nossas fontes no local, afirmam que o registo de desmaios no recinto escolar daquele estabelecimento de ensino secundário de Muatala não é novo, pois no passado já houve casos de género.

Odete João é aluna da 10ªclasse daquele estabelecimento de ensino, ao Ikweli disse que a situação causou pânico aos demais alunos, tanto do sexo masculino, assim como do sexo feminino, e não esconde a sua preocupação, ao mesmo tempo que pede maior investigação por parte das autoridades competentes para compreender o problema.

“Ontem (refere quarta-feira) desmaiaram muitas meninas, o problema de desmaio nesta escola é real, antes acompanhava dos meus colegas, mas ontem presenciei e deixou-me muito triste, não sei o que pode estar por detrás, porque somente as meninas é que tiveram os desmaios é preciso muita investigação”, comentou.

Por outro lado, Teresa Alberto, de 14 anos de idade e aluna da 9ª classe, sublinhou que está com medo sempre que se faz a escola. “Os desmaios que têm estado a afectar as nossas amigas e colegas, deixa-me muito assustada e quando ontem eram 9 horas começou. Uma colega desmaiou e assim foi contagiando as outras, também, na segunda-feira passada, na aula de educação física, no ginásio, ouvi que uma colega desmaiou e começou a bater nos outros. Quando aconteceram estes desmaios fomos instruídos a não nos aproximarmos dessas colegas, porque pode contaminar o problema para as outras pessoas”.

Segundo o presidente do Conselho da Escola Secundária de Muatala, João Baciano, é uma situação que está a verificar-se desde o mês de maio do corrente ano, mas ainda há necessidade de aferir as reais causas que provocam as manifestações das meninas no recinto escolar.

No entanto, o nosso entrevistado fez saber que o cenário vivido na quarta-feira naquele estabelecimento de ensino e aprendizagem é do conhecimento dos pais e encarregados de educação, direcção provincial de Educação e Serviço Provincial de Saúde que alocaram uma equipa multissectorial com vista a aferir as causas do problema, que somente tem estado afectar as meninas.

“A equipa multissectorial está no processo de aferir as causas. As mesmas meninas começaram a manifestar-se e assistimos com muita preocupação e nalgumas vezes parece contaminável, acima de 4 meninas tiveram o mesmo problema que muitos consideram de desmaio. Nós, a direcção da escola, não estamos parados e esta equipa vai continuar a trabalhar com os pais e encarregados de educação, porque precisamos de ficar livre destes males que têm vindo a deixar em pânico as pessoas”, precisou esta fonte.

O director da Escola Secundária de Muatala, Orlando Óscar, explicou que a direcção já trabalha com os sectores de educação e saúde para encontrar explicação do fenómeno, porque é um “assunto que é histeria porque as alunas entram num modo de estresse, neste momento estamos a trabalhar com os médicos psicólogos e psiquiátrico do Hospital Central de Nampula, inclusive ontem eles estiveram aqui para poder apurar as verdades e ainda vão trabalhar com um número específico de meninas desta Escola. Tivemos cinco meninas com problemas de saúde com várias justificações e chamamos aos pais e encarregados de educação sobretudo as mães, estivemos reunidos para que elas tenham o hábito e costume de conversar com as suas filhas, sabemos que entre uma mãe e filha a intimidade é maior”. (Nelsa Momade)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui