Balama: Delegado da Renamo acusado de recolher dinheiro de perdizes para incluí-los no DDR

0
318

Pemba (IKWELI) – Membros do partido Renamo no distrito de Balama, na província de Cabo Delgado, apontam o seu delegado político distrital, Simão Alberto Amimo de os ter cobrado dinheiro para que os incluísse na lista dos beneficiários do extinto processo de Desmilitarização, Desmobilização e Reintegração (DDR) em curso no país.

Ao todo, segundo denunciaram ao Ikweli, mais de 600 militantes do segundo maior partido da oposição teriam entregue, cada, ao Amimo 1.500,00Mt (mil e quinhentos meticais), e depois disso nunca foram contactados para a sua inclusão no processo.

“Ele andou a nos burlar a dizer que vai nos incluir no DDR. Demos a ele 1500,00Mt, mas agora quando perguntamos o ponto de situação, ele diz que nós somos Alshababes”, disse um membro da perdiz indignado com o comportamento do seu delegado.

Ainda de acordo com os nossos denunciantes, Amimo tem vindo a ameaçar os membros da Renamo para que não denunciem essas práticas, tanto quanto para perpetuar na posição montou equipas com ligação familiar a ele para dirigirem o partido ao nível das bases, precisamente nos postos administrativos e nas bases.

Entretanto, contactado pelo Ikweli, Amimo nega as acusações dos membros. “Não é verdade. Eu quem sou na vida militar? Eu sou um civil”, comentou em relação a questão de cobranças para a inclusão dos membros da Renamo no DDR.

Mais adiante, Simão Amimo nega que tais denúncias venham de membros da Renamo. “Não são membros da Renamo, são pessoas que querem denigrir a minha imagem. A minha vida é civil. Eu não sei nada do DDR”, sentenciou, prosseguindo que “são pessoas que querem denigrir a imagem com objectivos só deles. Descontentes. São coisas de fofoquice”.

Para além de delegado político distrital, Simão Amimo é, também, membro da Assembleia Provincial de Cabo Delgado e cabeça-de-lista da perdiz na nova autarquia de Balama. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui