Nampula: Munícipes criticam tapamento de buracos com saibro

0
319

Nampula (IKWELI) – O conselho autárquico da cidade de Nampula, tal como prometera, após as chuvas começou com o melhoramento, através de obras de manutenção, das vias da urbe, mas com recurso a saibro.

Este recurso encontrado pela edilidade não está a agradar aos munícipes locais, os quais consideram como sendo não muito bom e que promove a sujidade da cidade.

O tapamento de buracos com areia acontece um pouco por toda a cidade, tal como verificamos nas principais avenidas e ruas da periferia.

“Nós temos bebés em casa, o município não poderia arranjar essas estradas com areia, isto porque, primeira essa areia cria muita poeira, segundo quando chegar o tempo chuvoso será um outro problema, a mesma areia irá transformar-se em matope e não será fácil a gente caminhar”, disse um munícipe que não quis se identificar, avançando que “acredito eu que o conselho municipal tem condições de colocar asfalto nessas vias de acesso, não sei porquê escolheu colocar areia”.

O mesmo sentimento é partilhado pelos automobilistas, tal como referiu Dionísio Luís, condutor de um “chapa-100”.

“Em termos de durabilidade não temos nenhuma esperança, por que, invés de taparem com alcatrão tapam com areia, logo aquela que cria lama, e isso já é outro transtorno para nossos trabalhos, fora disso para os peões já não tem como escapar da poeira porque é muito intenso, pior nossos clientes que param perto da estrada a espera do transporte. O município deveria identificar os locais da estrada mais péssimos, remover um pouco da parte da mesma estrada e colocar alcatrão”, disse Dionísio.

Para este nosso interlocutor, “a cidade toda está com estradas esburacadas, mas tem aqueles locais mais críticos, que devem fazer alguma coisa para a melhoria da mesma e não colocar areia que depois de cair pequena chuva vai transformar-se em lama. Nós gostaríamos que tivéssemos uma estrada condigna, porque pagamos taxas e são muitas taxas e não sei onde vai todo dinheiro que recolhem nas estradas”.

Para Atumane Momade, Motorista de “chapa 100” na rota Waresta/Muhala Expansão, a cidade de Nampula carece de novas estradas.

“Não temos nenhuma estrada a nível da cidade de Nampula, e para piorar o município ontem estava a colocar areia a nível desta via, ou seja, estava a colocar Matope, isto porque quando chover aquilo já não vai ser areia, mas sim teremos uma estrada cheia de lama. O que nós queremos é que o conselho municipal tape os buracos usando asfaltos e não areia. Nós sabemos muito bem que o município tem dinheiro para tal, porque eles ganham muito dinheiro diariamente”, considera essa fonte.

Saibro não é solução eficaz, para tapar os buracos

O Engenheiro Civil Jorge Ivaty Maculuve esclarece que a reabilitação das vias de acesso com areia do tipo saibro não é uma opção viável, vendo a dimensão do problema das estradas que a cidade de Nampula enfrenta.

“Se calhar é uma medida imediata que viram, dada a gravidade da situação, e não sei qual é a operação que vem depois disso”, comenta Maculuve, prosseguindo que “colocar areia de saibro nas estradas esburacadas não é uma solução duradoura, basta chover toda areia vai sair, até que não precisa chover com a capacidade dos carros que passam, vão tirando o material, porque não é um material consistente, diria que não é uma operação recomendável como tal”.

Segundo esta fonte, aquela actividade, naquelas operações, “ela é feita de forma transitória, porque depois é preciso colocar o asfalto por cima, agora se for uma actividade definitiva, de certeza que não vai ser duradoura, porque logo a primeira chuva apareça, aquela areia vai ser varrida, agora não sei qual é o propósito ou de que maneira estão a fazer”, concluiu.

Para entender esta actividade, o Ikweli tentou, sem sucesso, ter a opinião apurado do conselho autárquico da cidade de Nampula. (Hermínio Raja)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui