Moçambique aposta na agricultura para sustentar a industrialização do país

0
281

Doha (IKWELI) – O Primeiro-Ministro moçambicano, Adriano Maleiane, disse em Doha, Qatar, que o país selecionou a agricultura baseada na cadeia de valor para sustentar a industrialização do país.

Falando no debate geral no decurso da 5ª Conferência das Nações Unidas dos Países Menos Desenvolvidos (PMD’s), o governante assegurou que “para a concretização desta transformação económica e social do nosso país contamos com o envolvimento e participação activa do sector privado nacional e estrangeiro”.

“Moçambique está empenhado na plena implementação do Programa de Acção de Doha que traduz compromissos renovados entre Países Menos Avançados e entre estes e os seus parceiros de desenvolvimento, bem como o sector privado, sociedade civil e outros intervenientes”, anotou Maleiane.

Igualmente, Adriano Maleiane apontou que “no âmbito da implementação da Estratégia Nacional de Desenvolvimento Económico e Social, o governo de Moçambique estabeleceu como meta a criação de condições para que todos e cada moçambicano encontre espaço para gerar e aumentar a sua renda por acreditar que esta é a melhor forma para o combate a pobreza individual e colectiva”.

Moçambique tem se destacado no aumento da produção e produtividade, através do programa SUSTENTA que preconiza a integração da agricultura familiar em cadeias de valor produtivas, que tem como o objectivo melhorar a qualidade de vida dos agregados familiares rurais através da promoção de agricultura sustentável (social, económica e ambiental). (Aunício da Silva, em Doha)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui