Home ACTUALIDADE Já não é Gondola, é Neto!

Já não é Gondola, é Neto!

0
64

Nampula (IKWELI) – O Presidente da República, Filipe Nyusi, exonerou na tarde desta quinta-feira Mety Oreste Gondola do cargo de Secretário de Estado na província de Nampula, e para o mesmo cargo nomeou Jaime Neto Bessa, Presidente do Conselho de Administração da Imprensa Nacional e antigo ministro da Defesa Nacional.

Gondola reinou em Nampula durante precisos 3 anos, após ter sido “retirado” da posição de Secretário-Geral da Organização da Juventude Moçambicana (OJM), braço juvenil do partido Frelimo.

Na sua passagem por Nampula, homem de longos discursos, Gondola destacou-se pela aproximação da juventude com o poder governativo.

A sua chegada, o Secretário de Estado cessante, também, teve rixas com o Conselho Executivo Provincial, naquele típico momento em que os Termos de Referência e atribuições de cada um dos governos, neste modelo de governação, ainda era pouco claro e de menos domínio.

Nomeados todos os seus directores de Serviços Provinciais de Representação do Estado, Mety Gondola viu-se obrigado a não fazer tomar posse Pedrito Rocha, para a posição de director do serviço provincial de Infra-Estruturas. Rocha foi o director de campanha do partido Frelimo no maior círculo eleitoral do país, durante as últimas eleições.

Ainda nestes três anos, Mety Gondola destacou-se na procura de soluções para alguns problemas, tal como liderou algumas campanhas para a prevenção da covid-19, sensibilização de jovens nas comunidades para a não aderência ao movimento terroristas, bem como a melhoria das condições de transitabilidade na província. Estas procuras, algumas delas, ficaram mesmo em procura.

Conhecido nos locais de diversão da periferia como um homem de coluna de som portátil as costas, trajado calcões e camiseta, e com a sua segurança “irritada” importunando os cidadãos, Gondola deixa a província de Nampula num ano eleitoral.

 

Quem é Jaime Neto?

Jaime Bessa Augusto Neto nasceu a 23 de Maio de 1971, na vila de Vilankulo, província de Inhambane. É filho de José Augusto Neto, já falecido, e de Rosina Lai Nhamirre, doméstica.

Jaime Neto fez os estudos primários na Escola Primária de Gamela, em Vilankulo, entre 1978 e 1983. Depois, transferiu-se para a Cidade da Beira, onde frequentou e concluiu o nível secundário na Escola Secundária Samora Machel, entre 1984 e 1990. Seguidamente, na mesma cidade frequentou a Universidade Pedagógica, de 1991 a 1996, obtendo a licenciatura em Ensino de Geografia. Consecutivamente, obteve mestrado pela Universidade do Estado de Oklahoma, nos Estados Unidos da América, em 2002.

Jaime Bessa Augusto Neto é docente e meio ambientalista de profissão. Foi responsável pela área de Programas e Finanças do Propeca, no Município da Beira, entre 1994 e 1998; Director dos Serviços Urbanos no Conselho Municipal da Beira, entre 2002 e 2004. Neste cargo, instalou e operacionalizou o projecto de Gestão Ambiental no Município da Beira. Jaime Bessa Augusto Neto foi Chefe de Gestão de Riscos, na Direcção Distrital de Saúde da Beira, entre 2004 e 2007, período no qual operacionalizou o sector de gestão de riscos no Centro de Higiene Ambiental da Beira; Deputado da Assembleia da República, entre 2005 e 2020. Enquanto Deputado, foi Vice-Presidente da 5ª Comissão de Agricultura, Economia e Ambiente; e, simultaneamente; Membro do Parlamento Pan-Africano, em que era Presidente da Região da África Austral e Presidente da Comissão de Alfândegas e Migração, entre 2008 e 2015; membro do Fórum Parlamentar da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), membro da Comissão Executiva, entre 2015 e 2019.

Jaime Bessa Augusto Neto também foi consultor em Planos de Maneio Florestal, Impacto Ambiental e Inventário Florestal, entre 2003 e 2005.

Jaime Bessa Augusto Neto é membro do Partido Frelimo, de que foi Secretário Provincial da Organização da Juventude Moçambicana, entre 2002 e 2005; membro do comité Central, entre 2004 e 2009; Primeiro Secretário Provincial em Sofala, entre 2018 e 2020. (Redação)