Governo de Nampula diz que ninguém será responsabilizado no caso de desabamento de salas de aula em Muatala

0
292

Nampula (IKWELI) – A porta-voz da Direcção Provincial de Educação (DPE) de Nampula, Caetana Cunhete, diz que o governo não vai responsabilizar a ninguém no incidente de desabamento de 3 salas de aulas na Escola Primária e Completa (EPC) de Muatala ocorrido na última segunda-feira.

Esta ocorrência fez perto de duas dezenas de feridos, dentre graves e ligeiros, sendo as vítimas alunos menores de idade e professores.

A justificação de Cunhete é de que a infra-estrutura que desabou já tinha sido afectado por um evento climático extremo, neste caso o ciclone tropical Gombe, ainda que as salas estivessem a albergas turmas de alunos.

“Nós acompanhamos o incidente da Escola Primária de Muatala, logo nos dirigimos a escola junto com os serviços distritais de Educação para podermos melhor percebemos o que se passou, como é que aconteceu e em que circunstâncias aconteceu. Primeiro dizer que este número de 28 alunos feridos não corresponde à verdade, nas informações que tivemos no terreno são 13 crianças, dois professores e um funcionário administrativo da secretaria da própria escola, e foi essa informação que nós recolhemos”, disse a fonte.

Cunhete anota que “é de lamentar o sucedido. Foi um acontecimento inesperado, aconteceu no momento em que estavam numa concentração e não estavam por dentro das salas”.

O outro comentário da porta-voz da DPE de Nampula é de que houve demora na requalificação das salas de aula devido a falta de parceiras no momento em que a escola foi afectada pelo ciclone. (Hermínio Raja)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui