Exportações de produtos agrícolas crescem 127 milhões de dólares em Moçambique

0
53

Maputo (IKWELI) – Durante o primeiro semestre do corrente ano, 2022, as exportações de produtos agrícolas cresceram na ordem dos 69%, correspondente a 127 milhões de dólares norte americanos, comparativamente ao igual período do ano de 2021, tendo a redução do défice se fixado em cerca de 20 milhões de dólares.

As culturas fomentadas pelo programa SUSTENTA, contribuíram em 30% (cerca de USD 94 milhões) no primeiro semestre de 2022, do montante total de exportação agrícola (cerca de USD 310 milhões), projectando-se um incremento, uma vez que o “pico” da comercialização ocorre no segundo semestre.

Por outro lado, as importações registaram uma subida de 19%, impulsionadas pelo óleo de palma que subiu de USD 86,1 milhões para USD 129,5 milhões e o trigo em grão de USD 115,4 milhões para USD 134,2 milhões. Estes produtos representam cerca de 41% das importações agrícolas.

O significado destes números impacta directamente na estabilidade dos preços dos principais produtos da cesta básica (arroz, milho e farinha de milho), mantém uma tendência de estabilidade, por conta da boa colheita dos mesmos, e suportada pelo fomento de duas culturas pelo programa SUSTENTA.

De acordo com o Boletim de Preços (Julho 2022) da Famine Early Warning Systems Network (FEWS NET), que monitora as tendências dos preços dos alimentos básicos em países vulneráveis à insegurança alimentar, em Junho de 2022, os preços do grão de milho na maioria dos mercados monitorados permanecem estáveis em relação a Maio, quando os preços normalmente caem.

No entanto, os preços do grão de milho caíram 12-41 por cento em Mutarara, Caia e Montepuez, provavelmente devido à disponibilidade do grão de milho nos mercados locais após um atraso na colheita de 2021/2022. Nos mercados monitorados, os preços do grão de milho em Junho de 2022 estão estáveis, acima da média ou abaixo da média em comparação com seus respectivos preços em 2021 e a média de cinco anos.

Como é típico, os preços da farinha de milho ficaram estáveis de Maio a Junho de 2022 na maioria dos mercados monitorados, exceto Quelimane e Chókwè, onde os preços aumentaram 10%. Da mesma forma, os preços do arroz nos mercados monitorados aumentaram entre 5-18% ou caíram entre 11-13% de Maio a Junho. As variações mensais dos preços da farinha de milho e do arroz são principalmente impulsionadas pela procura local e pela dinâmica da oferta.

O SUSTENTA tem sido uma referência no actual contexto da agricultura em Moçambique, funcionando como uma verdadeira fonte de inspiração que vai alterando paradigmas, como a redução do défice na nossa na balança comercial do sector agrário, nem 20Milhoes de dólares Americanos. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui