Governador de Cabo Delgado chora pela situação que sua população passa em Rapale

0
81

Nampula (IKWELI) – O governador da província de Cabo Delgado, Valigy Tauabo, não se conteve ao ver a situação em que se encontram os deslocados acolhidos no distrito de Rapale, em Nampula, e deixou cair lagrimas.

Tauabo veio a Nampula para participar do lançamento do projecto de provimento de insumos agrícolas às famílias deslocadas, uma iniciativa que decorre com apoio do Fundo das Nações Unidas para a Agricultura (FAO).

Na ocasião, a fonte afirmou que todos os distritos afectados pelo terrorismo já voltaram a ser habitados por algumas famílias que estão a abandonar os centros de acolhimento, apesar de o Governo não ter anunciado o regresso às suas zonas de origem por conta do processo em curso de reconstrução de infraestruturas básicas destruídas pelos terroristas.

Segundo Valigy Tauabo, esse regresso massivo da população está a precipitar o regresso prematuro do Governo que está numa fase de instalação dos serviços básicos. “Os membros do Governo que devem assistir essa população ficam numa situação complexa, porque as condições ainda não estão criadas nas zonas”, disse.

“O Governo está preocupado com a estabilidade e reconstrução de Cabo Delgado, a medida em que são recuperadas as bases dos terroristas”, garantiu a fonte, exemplificando que “nota-se alguns distritos, se não todos, intervencionados pela ação terrorista, a população está lá”.

O dirigente explicou, a título de exemplo, que “Quissanga e Palma está tudo habitado e Mocímboa da Praia já conta com mais de duas mil pessoas que decidiram regressar e tendem a voltar as actividades principalmente a pesca”.

“É um pouco disso que está a decorrer na nossa província, é um ambiente em que o inimigo quando é afastado de um determinado lugar nem todos são abatidos ou apreendidos, há outros que escapam. Então, esse momento em que eles estão em busca de sítio para se esconder se encontram uma determinada aldeia para roubar comida acabam incendiando as casas”, concluiu Valigy Tauabo, que asseguram, também, a reposição da circulação um quase por todos os distritos. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui