Terroristas decapitam duas pessoas nas imediações de Montepuez

0
173

Pemba (IKWELI) – Os terroristas, em número não especificado, decapitaram duas pessoas que estavam à caminho das suas machambas, na aldeia Muaja, no distrito de Ancuabe na quarta-feira da semana passada (13).

A região onde ocorreu a decapitação dos dois homens está nas imediações das aldeias Nanhupo e Namanhumbir, no distrito de Montepuez, uma região que fica a menos de 10 quilómetros da área explorada pela empresa Montepuez Ruby Mining, um dos principais contribuintes das receitas aos cofres do Estado em Cabo Delgado.

Ao Ikweli, uma fonte contou que “depois de matarem as duas pessoas, porque eram dois homens e uma mulher, então deram as cabeças à senhora, num plástico para levar na aldeia, aqui em Muaja para informar”, o que fez com que muitas pessoas fugissem para a vila de Montepuez.

Confirmou a fonte que as Forças de Defesa e Segurança (FDS) já estão em patrulha naquela área para repelir qualquer situação de movimentos estranhos. A circulação de viaturas no troço Pemba/Montepuez, também, decorre com normalidade, mas no mesmo dia havia fraco fluxo de viaturas.

O Chefe do Estado e Comandante-Chefe das FDS, Filipe Nyusi, anunciou na última semana, durante a sua visita de trabalho, em alguns distritos de Cabo Delgado, que as forças moçambicanas assaltaram uma das principais bases terroristas, designada Katupa, no distrito de Macomia.

Nesse assalto, segundo Filipe Nyusi, as FDS abateram um destacado comandante, que respondia pelo nome de Assane e capturados muitos outros terroristas, e reiterou que o trabalho ainda decorre com auxílio das forças estrangeiras. (Redacção)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui