Nampula é uma das províncias que mais casos de fístulas obstétricas regista

0
104

Nampula (IKWELI) – A província de Nampula, no norte de Moçambique, é uma das que mais casos de fístulas obstétricas regista a escala nacional, segundo deu a conhecer o urologista Igor Vans.

Falando no lançamento da campanha de tratamento de fístulas obstétricas na cidade de Nampula, o Dr. Vans apontou, também, a província do Niassa como a outra que mais casos da doença regista.

“Nós trabalhamos quase em todo país, Nampula e Niassa são as piores províncias, não sei se é por causa da extensão ou população. No Niassa, por exemplo, penso que é porque as pessoas vivem muito longe das unidades sanitárias”, comentou a fonte, explicando que “o grande problema é que as mulheres começam o parto em casa, então normalmente as sogras e maridos não dão autorização para elas irem fazer os partos nas unidades sanitárias. Antigamente, os partos eram feitos em casa, agora não é possível continuar com esse parto tradicional. Quando chega o momento do parto as pessoas não têm tempo de chegar no hospital por isso há uma rotura, o útero pode se romper, pode se romper a bexiga, elas chegam as unidades sanitárias já com uma rotura uterina”, por isso “algumas mulheres para não morrerem o técnico de saúde é obrigado a retirar o útero”.

A campanha em curso na cidade de Nampula, de acordo com o médico urologista Igor Vans, deverá beneficiar, pelo menos, 65 mulheres e termina na próxima sexta-feira.

“Nesta campanha, nós viemos operar casos complicados, os casos que não têm sido operados nas outras campanhas”, explicou a fonte durante uma coletiva de imprensa realizada na tarde da última segunda-feira (27) no Hospital Central de Nampula (HCN). (Vânia Jacinto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui