Dentre resgatados e novos recrutas: Terroristas conseguiram levar 18 pessoas de Memba para Cabo Delgado

0
84

Nampula (IKWELI) – A missão de resgate e recrutamento levado a cabo por um grupo de terroristas no posto administrativo de Lúrio, no distrito de Memba, ocorrida a 17 do corrente mês, culminou com a recolha de pelo menos 18 pessoas, das quais 8 mulheres.

Nossos contactos na aldeia de Siriça explicam, que do grupo, uns gozavam férias e outros são novos recrutas.

Em consequência deste ataque, as Forças de Defesa e Segurança (FDS) detiveram duas pessoas, precisamente o secretário do bairro de Siriça e um outro indivíduo identificado como responsável pela Administração Marítima local.

“Duas pessoas estão sob custódia no bairro de Siriça pelos militares da marinha, concretamente o secretario do bairro, e um senhor da marinha. São acusados de envolvimento com esta situação que vinha abordando ontem”, disse nossa fonte em Siriça, explicando que “o secretario alguém lhe alertou que havia a situação de fuga desses rapazes, e ele não denunciou”.

Esta fonte afirma que o secretário do referido bairro se chama Jaime Tamimo, enquanto que o responsável da marinha é Razaque Assamo.

Em relação aos recrutamentos, o nosso interlocutor diz que “ao nível de todo posto administrativo do Lúrio são 10 homens e 8 mulheres que seguiram essa última viagem”, e que “aqueles que estavam a sair o encontro estava montado em Sala e Siriça. Cada um ia para lá dizendo que vou a praia, depois eles saíram foram parar numa zona chamada Coconi, fica perto de Mithopue, onde eles atacaram, para quem vai a Namapa. São bairros vizinhos e estão nas bermas de rio Lúrio”. (Aunício da Silva)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui