Macomia: População de Chicomo refugiada na vila sede regressa às suas casas

0
69
deslocados passam fome em Nangade

Macomia (IKWELI) – Depois do ataque terrorista à sua aldeia nos dias 22 e 23 de Maio findo, a população da aldeia Chicomo, que dista da vila de Macomia à cerca de 40 quilómetros, já está a regressar às suas casas, num ambiente de muita angústia e profunda dor.

As primeiras pessoas que já chegaram, encontraram mais uma vez, quase tudo saqueado, palhotas queimadas e produtos alimentares vandalizados.

Mais do que isso, é a morte de um dos principais líderes religiosos da aldeia, também secretário da mesma aldeia, que a quando da sua saída, no segundo dia de ataque a Chicomo, caiu na emboscada dos terroristas que logo o decapitaram.

Residentes de Macomia-sede, descrevem que uma das causas que motiva o regresso da população deslocadas às suas aldeias, mesmo sem condições de segurança é a fome.

“Em Macomia não tem nada para essas famílias, o problema é que aqui não há apoio, as pessoas estão em casa dos familiares e não há comida suficiente, nem PMA, nem o quê”, lamentou um reside local.

Em Cabo Delgado, a ajuda humanitária às famílias deslocadas devido aos ataques terroristas já está a reduzir e o governo de Macomia, por si só, não é capaz de responder a crise que afecta a população recentemente deslocada das aldeias Chicomo, Nkoe e Licangano. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui