Continua desaparecida técnica dos SDSMAS de Meluco que estava na viatura atacada por terroristas

0
88

Meluco (IKWELI) – Uma técnica do Serviço Distrital de Saúde, Mulher e Acção Social (SDSMAS) do distrito de Meluco, afecta ao sector de Acção Social, continua ainda desaparecida, depois de a viatura governamental em que viajava no sentido Cidade de Pemba / Meluco – sede, foi atacada por terroristas na última quinta-feira.

Na mesma viatura, onde viajam além de dois funcionários daquele serviço, sendo um motorista, estava uma mãe com um bebé de seis anos, que na companhia da técnica de Acção Social, estão em paradeiro desconhecido, segundo relataram fontes do Ikweli.

Segundo apuramos, o motorista imobilizou a viatura à uma distância de 300 metros quando pela frente notou presença de homens armados que não tinham aparência de elementos das FDS e logo pôs-se em fuga.

“Isso é verdade, mas o carro não queimaram, mas o movimento de terroristas foi visto desde anteontem, e o motorista viajou 13 horas, chegou numa aldeia assim, ele viu movimento estranho e daí abandonou o carro e fugiu. Estava aí uma senhora, uma técnica de saúde e uma criança, de seis meses, dali os tipos a levaram não sei, mas o carro não queimaram só que todos medicamentos”, disse uma fonte na cidade de Pemba.

Um outro entrevistado realçou que logo depois dos ocupantes abandonarem a viatura, apareceu uma equipa de militares que saia, também, de Pemba, que confrontou os terroristas e o carro, bem como uma motorizada foram evacuados até Macomia-sede.

O ataque à viatura Toyota Hilux do tipo D4D alocado ao governo do distrito de Meluco, aconteceu no mesmo dia em que o Chefe do Estado e comandante chefe, Filipe Nyusi, disse que o governo ainda não tinha dado ordem para o regresso da população às suas zonas de origem. (Redação)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui