FDS acusadas de raptar agente económico na sede do distrito de Macomia

0
73

Macomia (IKWELI) – Um agente económico da vila de Macomia, região centro de Cabo Delgado, foi capturado, sem mandado judicial para o efeito e por motivos ainda desconhecidos, na tarde de sexta-feira (6), no mercado da vila da sede.

Nossos correspondentes locais contaram que, elementos da UIR (Unidade de Intervenção Rápida), fortemente armados, numa viatura de assalto do tipo Mahindra, foram vistos a obrigar o jovem comerciante para subir na viatura, e depois seguiu em direcção a norte de Macomia, onde se acredita ser o quartel dos elementos.

“Vieram de Mahindra, pararam, logo desceram uns dois. Quando chegaram onde estava, puseram pistola do lado esquerdo e pegaram braço até no carro e foram, ninguém sabe dizer mais”, explicou um dos correspondentes.

O episódio que parecia uma cena do filme, aconteceu por volta das 17 horas, quando o agente económico que efectua serviços de movimentação de dinheiro através de serviços financeiros electrónicos preparava-se par ir em sua casa.

Segundo avançaram os nossos correspondentes, até a manhã de sábado não havia qualquer informação sobre o seu paradeiro, apesar de na noite da mesma sexta-feira, o Secretário do bairro Nanga, onde vivia a vítima, ter efectuado uma ligação telefónica ao director do Serviço de Informação e Segurança do Estado, sobre a ocorrência.

A família, também, tinha sido informada a recorrer às tropas ruandesas posicionadas em Macomia para pedir ajuda.

Em menos de três meses, na mesma vila de Macomia, as Forças de Defesa e Segurança balearam um outro agente económico informal no bairro Changane, depois de tentativa de agressão. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui