Nangade: terroristas matam e populares espancam cidadão por suspeita de colaborar

0
85
terroristas raptam tres mulheres em Nangade

Nangade (IKWELI) – Acções que põe em causa os direitos humanos voltaram a registarem-se mais uma vez, na última semana, no distrito de Nangade, a norte da província de Cabo Delgado, com a notificação de pelo menos um morto e igual número de espancamento.

De acordo com relatos locais, na última sexta-feira (14), os terroristas tiraram a vida, por decapitação, a um elemento da força local na aldeia Chicuaia-velha, depois de forma surpresa terem atacado aquela comunidade.

“Eles degolaram um elemento da força local na aldeia Chicuaia-velha, aqui mesmo em Nangade, não é longe. Estava na aldeia com algumas pessoas, porque tem ainda pessoas lá”, disse um residente da sede de Nangade, para descrever que “a situação ainda não está boa, até agora não sabemos o que fazer”.

Um outro residente contou que os terroristas atacaram numa comunidade não tão distante da vila, mas disse não saber ao certo dos danos, porém até manhã do último domingo (17), segundo descreveu, reinava ambiente de medo, porque ainda circulava informação que os atacantes não estão longe da vila.

Ainda ao longo da última semana, as nossas fontes afirmaram que um membro da força local, foi espancado até contrair ferimentos graves, por populares na sede de Nangade, depois de ter sido acusado de ser um dos informantes do grupo terrorista.

“Não sei bem, mas foi dito que ele telefonava para os malfeitores, que há dias entraram em Mandimba, lá no posto da Migração havia posição das forças lá mesmo”, indicou a nossa fonte.

O ataque à comunidade de Mandimba, recentemente por terroristas, resultou na morte de dois militares e ferimento de outros cinco.

O acusado que não perdeu a vida, teria sido socorrido pelas autoridades policiais, acrescentaram. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui