Home ACTUALIDADE Nampula: HCN foi o último “palco” de várias mulheres no dia 7...

Nampula: HCN foi o último “palco” de várias mulheres no dia 7 de Abril

0
160
Uma paciente atirou-se de uma das enfermarias do HCN

Nampula (IKWELI) – O Hospital Central de Nampula (H.C.N), o maior da região norte do país, contabilizou na semana prestes a terminar, cerca de 90 pacientes por agressões físicas, sendo o grosso número de mulheres que deram entrada no dia 7 de Abril, Dia da Mulher Moçambicana.

A informação é do Hospital Central de Nampula, através da médica generalista afecta ao Banco de Socorro, Mariamo Ussene, que disse ser preocupante a entrada de doentes por agressões físicas, antecedidas por acidentes de viação, sobretudo nas festividades do Dia da Mulher Moçambicana.

“Falando do 7 de Abril do ano de 2022 foram atendidos 187 doentes, dos quais 11 por acidentes de viação e desses, foram internados cinco”. E dos cinco internados, “dois foram levados à reanimação por apresentarem lesões graves e um deles culminou em óbito”, informou à Imprensa na manhã desta sexta-feira, 8 de Abril, a médica generalista, no briefing sobre as ocorrências do dia da mulher moçambicana.

Para além do paciente do sexo feminino que perdeu a vida no hospital, a fonte avançou o registo de mais um óbito extra-hospitalar que se pressupõe que tenha perdido a vida por intoxicação, nos arredores da cidade de Nampula, o que contabiliza duas vítimas mortais do sexo feminino.

No global, Mariamo deu a conhecer que durante a semana prestes a findar o H.C.N, atendeu cerca de 1648 doentes, onde o número de destaque sempre vai para acidentes de viação, agressão física que culminam em internamento e óbitos, respectivamente. Como ilustração, segundo disse a fonte, quatro pacientes por agressão que deram entrada no dia 7 de Abril apresentaram-se em estado grave, o que ditou o seu internamento. (Esmeraldo Boquisse)