PRM apreende 4 baldes de soruma em Nampula

0
105

Nampula (IKWELI) – A Polícia da República de Moçambique (PRM), em Nampula, anunciou a apreensão de, pelo menos, 4 baldes contendo droga do tipo cannabis sativa, vulgo soruma, na posse de dois indivíduos.

Na manha da última terça-feira (22), a corporação convocou a imprensa para a 2ª Esquadra, para apresentar os supostos donos, e ainda aferir que cada balde, onde contem a soruma, é de 10 litros, e a mesma tinha como destino oposto administrativo de Anchilo onde devia ser comercializado.

“Estou aqui na esquadra detido porque fui encontrado a transportar esses baldes de soruma”, afirma um dos envolvidos, justificando que está envolvida em cumprimento de pagamento de uma dívida que contraiu com o proprietário do produto. “Eu tenho uma dívida com este senhor de dois mil (2.000,00Mt) e ele mandou-me trazer esses baldes de soruma para liquidamos a divida”.

O suposto proprietário da soruma, de 39 anos de idade, diz que a soruma serve para pagar a pessoas que trabalham nas suas machambas em Anchilo. “Estou aqui por causa de soruma, como eu sou camponês essa soruma era para levar a machamba para dar às pessoas que trabalham lá, como forma de pagamento, e outra para eu vender e sustentar os meus filhos” concluiu o proprietário da soruma.

Na mesma ocasião, a PRM exibiu mais 3 pessoas, alegadamente por serem promotores da greve que assola o sector de transporte semi-colectivo de pessoas e bens.

“Ontem assistimos aqui na cidade a paralisação dos transportes semi-coletivos de passageiros e bens. No momento em que estes indivíduos paralisaram as suas atividades, criaram em algum momento uma desestabilização da ordem, facto esse que obrigou a polícia a intervir e efetuar algumas detenções, que culminou com três indivíduos”, justificou Nacute a razão da detenção dos “chapeiros”. (Hermínio Raja)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui