“Urge travar a corrupção no sistema nacional de saúde” – Ossufo Momade, presidente da Renamo

0
130

Nampula (IKWELI) – O presidente do partido Renamo, Ossufo Momade, diz-se preocupado com os níveis de corrupção no sistema nacional de saúde, por isso entende ser urgente travar o fenómeno.

Recentemente, o político trabalhou na província de Nampula e as preocupações que colheu da população sobre o sistema nacional de saúde não o agradaram.

“Terminamos as nossas actividades na província de Nampula, onde constatamos graves actos de corrupção instalados nos hospitais e nas farmácias hospitalares”, disse ao Ikweli o presidente da Renamo, apontando que “a falta de humanismo, de profissionalismo, civismo e patriotismo, além de graves violações de direitos humanos no Sistema Nacional de Saúde, é bastante preocupante. De forma contínua, ouvimos as nossas mães a lamentar a falta de tudo nas unidades sanitárias, além da prática de cobranças ilícitas, principalmente para as parturientes”.

No seu entender, Ossufo Momade diz que “somos vítimas de um sistema que deve ser combatido, pois, o hospital não deve ser apenas as paredes, mas sim um lugar onde os doentes são respeitados e tratados com carinho. De igual modo, as farmácias públicas devem ser abastecidas com medicamentos, evitando deste modo que estes sejam adquiridos a preços proibitivos nas farmácias privadas”, por isso “o lema: “o nosso maior valor é a vida”, não pode passar de simples palavras bonitas, é preciso que se aplique isso na prática”.

Por conseguinte, prossegue Momade, “durante a nossa estadia na província de Nampula, ouvimos reclamações sobre casos de mau atendimento em hospitais, concretamente no Hospital Central de Nampula, hospital distrital de Mogovolas e no centro de saúde de Namiepe, entre outros”. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui