Nampula: Subida do preço de “chapa-100” sufoca bolso do cidadão

0
161

Nampula (IKWELI) – A nova tabela de preços de transportes semi-colectivos de passageiros em vigor desde o passado dia 2 do corrente mês, na província de Nampula, aflige os cidadãos, os quais se sentem sufocados com os novos valores.

Quase todos os trajectos sofreram agravamento, e as pessoas foram encontradas em contrapé, quando menos esperavam tal despesa para um cenário de custo de vida que já sufoca as famílias.

“Este preço é injusto”, considera a senhora Judite Omar, reivindicando que “sou desempregado e não tenho condições económicas para fazer face a esta nova tarifa”. Esta fonte foi entrevistada quando estava numa das paragens da cidade de Nampula a fim de pegar um “chapa-100” para o distrito de Monapo, onde o agravamento fez com que o novo preço seja 220,00Mt (duzentos e vinte meticais), contra os anteriores 150,00Mt (cento e cinquenta meticais).

Uma outra passageira entrevistada pelo Ikweli é a senhora Sara Omar, que já preve dificuldades de sair de um ponto para outro devido a esta subida de preço

“Estou na estação a espera de carro de Nampula-Nacala e o valor estipulado é de 700,00Mt (setecentos meticais) para ida e volta, e isso não traz vantagem para nós como passageiro, torna difícil aceitar esta realidade que nós vivemos”, disse Sara.

O cidadão Alberto Rafael, também, reclama esta subida do preço de “chapa-100”, entendendo que “a maioria da população é desempregada, iremos sofrer”.

Enquanto os passageiros reclamam a subida, os operadores deste serviço respiravam de alívio, alegadamente porque os preços anteriormente praticados não ajudavam na colecta de uma receita justa.

“Sou transportador de passageiro e opero na rota Nampula-Nacala. Estou satisfeito com a nova tarifa aplicada, porque o custo de combustível subiu e com este preço é claro que a gente consegue alguma coisa, como abastecer as viaturas sem dificuldades e isso já compensa”, disse Mussa Simão.

Simão diz que há passageiros que não concordam com a nova tarifa, e isso quase tem dado em confusão tremenda. “Existem certos passageiros que não concordam com esta nova tarifa, alegadamente por a subida ser maior, e nós como automobilistas não temos como ajudar e o único jeito de nos defender mostramos a tarifa aprovada pela ASTRA”. (Nelsa Momade)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui