Desmond Tutu morre sem ver a “Nação Arco Íris”

0
163

Joanesburgo (IKWELI) – Morreu neste Domingo (26) o Arcebispo Desmond Tutu aos 90 anos de idade, e a notícia foi anunciada pela Presidência Sul Africana.

Prémio Nobel da Paz e antigo combatente da luta contra o Apartheid, o Arcebispo Tutu destacou-se na defesa dos direitos humanos, e no sonho da construção de uma “Nação Arco Íris”, sendo esta última vontade não tendo sido realizada.

Cyril Ramaphosa, presidente da África do Sul, considera que “a morte do Arcebispo Emérito Desmond Tutu é outro capítulo de luto na despedida da nossa nação a uma geração de destacados sul-africanos que nos legou uma África do Sul libertada”.

A luta de Tutu era de uma nação igualitária e de justiça social, sendo que, mesmo com o fim do Apartheid não cruzou os braços na luta pelos desfavorecidos e na prestação de contas da elite política negra.

Tutu se casou com Leah em 1955, com a qual teve quatro filhos. O casal morava na Cidade do Cabo e no Soweto, perto de Joanesburgo. (Aunício da Silva)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui