Magibire garante que guerrilheiros da RENAMO voltarão a ter subsídios do DDR

1
132

Nampula (IKWELI) – O Secretário-Geral do partido Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO), André Magibire, anunciou na cidade de Nampula que está para breve o reinício do pagamento dos subsídios dos homens residuais da perdiz abrangidos pelo processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração (DDR) em curso no país.

Na cidade de Nampula, Magibire participou da inauguração de mais uma rua construída pela edilidade comandada pela Renamo na última segunda-feira (15) e foi nessa ocasião que ele anunciou esta boa-nova que se espera há um ano.

“Quero dar uma palavra de conforto aos desmobilizados, sobretudo no âmbito do DDR. Por razões adversas da nossa vontade, viram os seus subsídios interrompidos há um ano”, disse Magibire, apelando a paz e a união dos moçambicanos.

No contexto da paz, o SG da RENAMO aponta a necessidade do perdão, porque é preciso “deixar o nosso ódio de lado e seguir os nossos caminhos, por isso assinou-se o acordo de paz e reconciliação de Maputo, e hoje estamos no processo de DDR para o bem-estar da população porque Moçambique é de todos nós”.

Ainda em Nampula, André Magibire reuniu com os membros da perdiz em preparação das eleições de 2023, no sentido de evitar a ocorrência de fraudes.

“Estamos aqui reunidos para criar uma estratégia para acabar com as fraudes que temos sido alvos nas eleições”, garantiu o político. (Hermínio Raja)

1 COMENTÁRIO

  1. O representante do Secretário-Geral das Nações Unidas em Moçambique, Mirko Manzoni, afirmou tratar-se do primeiro acto a realizar-se no norte do país, concretamente no distrito de Murrupula, em Nampula, considerando-o um marco importante no actual processo de pacificação. Aquele diplomata referiu que “cerca de 560 combatentes da base da Renamo em Namaita, deverão ser desmobilizados ao longo de aproximadamente três semanas de trabalho, o que elevará para 3.270 o número total de guerrilheiros desmilitarizados”. Este número corresponde a cerca de 63 porcento do total dos guerrilheiros a serem desmobilizados até ao final do processo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui