Manuel Rodrigues não está a gostar das “brincadeiras” dos que queimam matas a procura de ratos

0
171

Nampula (IKWELI) – O governador da província de Nampula, Manuel Rodrigues, mostra-se preocupado com as práticas tradicionais de queimadas descontroladas protagonizadas por indivíduos que procuram animais selvagens, sobretudo ratos e ratazanas, para consumo prejudicando assim o ecossistema.

Em Nampula, estas práticas são recorrentes, preferencialmente na época do verão.

“Estamos tristes, e continuamos a nos sentir impotentes, perante as pessoas mal-intencionadas que todos os dias queimam a nossa província, queimam as nossas localidades e queimam os nossos distritos. Todos os distritos que nós vamos encontramos chamas, isso quer dizer que toda nossa província está a arder”, lamenta o primeiro governador eleito do maior círculo eleitoral do país, que prossegue que “tem pessoas que queimam as nossas matas a procura de animais, como ratos e ratazanas para melhorarem, segundo eles, o apetite dos seus petiscos e isso faz com que demore o desenvolvimento da nossa província”

Num outro desenvolvimento, o governante disse que “queremos apelar aos produtores agrários que desenvolvem as suas actividades no cimo das montanhas para que evitem eliminar a vegetação que, normalmente, protege as represas e protege, também, os nossos rios”.

“Quando se cortam aquelas árvores que protegem as nossas represas, a água pode ser turva, porque quando chove a lama é conduzida até as fontes de abastecimento de água que nós temos. Isso é uma chamada de atenção aos nossos produtores agrários”, concluiu Manuel Rodrigues. (Hermínio Raja)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui