Home ACTUALIDADE Naufrágio faz dois óbitos na Ilha de Moçambique

Naufrágio faz dois óbitos na Ilha de Moçambique

0
228
Ilha de Mocambique ja tem coronavirus

Nampula (IKWELI) – Pelo menos dois pescadores perderam a vida na semana passada no distrito da Ilha Moçambique, na província de Nampula, devido a um naufrágio provocado por um mau tempo que se registou naquela circunscrição geográfica no referido período.

Especificamente, o incidente ocorreu na madrugada do passado dia 24 do mês em curso, quando os finados se encontravam no alto mar a exercer sua actividade de pesca, por onde foram surpreendidos pelo mau tempo que assolou a região.

Em conformidade com Zacarias Nacute, porta-voz do Comando Provincial da República de Moçambique (PRM), em Nampula, do incidente apenas foi possível localizar o corpo de um pescador, sendo que o outro ainda não foi achado.

“Tivemos um caso de naufrágio que ocorreu na Ilha de Moçambique, resultante de um mau tempo que se fez sentir, e um indivíduo é dado como desaparecido e as diligências estão sendo feitas pela polícia lacustre e fluvial para a recuperação do corpo para a posterior entrega aos familiares para proceder com cerimónias fúnebres”, contou Zacarias Nacute, no habitual briefing sobre as ocorrências da semana.

A fonte policial informou ainda que dias antes do incidente tinham sido emitidos avisos prévios aos moradores daquela zona, particularmente aos pescadores sobre o mau tempo, mas, segundo acrescentou, houve ignorância por parte dos pescadores, não só os que perderam a vida por naufrágio em referência. “Quando chega esta época do ano a polícia lacustre e fluvial tem se aproximado com pessoas que lidam com esta actividade face as tempestades que se fazem sentir nesta época de ano, daí que parte destes indivíduos vivem da pesca acabam não acatando com essas recomendações e fazem-se a pesca, em algum momento, porque parte desses dependem da pesca”.

Nacute disse, também, que na semana passada, duas pessoas foram encontradas mortas em circunstâncias estranhas sendo que uma no bairro de Napipine, na cidade de Nampula, e outra no posto administrativo de Netia, no distrito de Monapo.

Ainda durante a semana passada, a polícia conta que 270 indivíduos foram detidos nas subunidades policiais ao nível da província de Nampula pelo seu envolvimento na prática de diversos crimes com destaque para a posse ilegal de arma de fogo, assim como o furto de bens na via pública.

Apesar disso, Zacarias Nacute descreve a semana passada como sendo menos agitada em termos criminais, ao se registar uma redução na ordem de 75 porcento do índice de criminalidade em relação ao período comparado do ano passado. A fonte destaca o desempenho da corporação para os resultados alcançado, assim como as denúncias populares. (Constantino Henriques)