Polícia burlado por professor com promessa de multiplicarem dinheiro em Nampula

0
248

Nampula (IKWELI) – Um professor em exercício na cidade de Nampula, no norte do país, está a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM), naquele ponto do país, indiciado de ter burlado um membro da corporação com a promessa de multiplicar dinheiro a favor da vítima.

O indiciado, detido nas celas do comando provincial da PRM, nega as acusações que pesam sobre si, e a imprensa disse desconhecer as razões da sua detenção, reivindicando que lhe, no mínimo, seja legalizada a prisão.

“Não sei porquê eu estou aqui, tanto que ainda não fui legalizado. A minha detenção é ilegal”, reivindica o indiciado.

Zacarias Nacute, porta-voz da PRM em Nampula, explica que os dois indivíduos são indiciado de burla, e “provavelmente falsificação de moeda”.

“O que se sabe é que um desses indivíduos, por sinal um professor, teria burlado dois indivíduos, um para dar emprego a uma sobrinha (em troca de 14.000,00Mt pagos em parcelas) e o segundo teria burlado a um agente das Forças de Defesa e Segurança no valor de 100.000,00Mt (cem mil meticais) com a promessa de multiplicar o dinheiro”, explicou Nacute sobre a operação fraudulenta.

A fonte prossegue que após o indiciado recolher dinheiro do seu colega (polícia) sumiu do mapa, o que concorreu para que o agente vítima o denunciasse e fosse procurado pela polícia.

Nacute conclui que, ainda, estão em curso acções no sentido de neutralizar outros membros do grupo. (Aunício da Silva)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui