Detidas perto de duas dezenas de consumidores de droga e assaltantes a residências em Nampula

0
89

Nampula (IKWELI) – A Polícia da República de Moçambique (PRM), em Nampula, apresentou na manhã desta segunda-feira (7) dois grupos de supostos delinquentes que se dedicavam ao consumo de estupefacientes e assaltos a residências.

De acordo com o porta-voz da corporação, Zacarias Nacute, são dois grupos que “vem cometendo alguns delitos ao nível da nossa urbe de Nampula. O primeiro grupo trata-se de alguns integrantes dos famosos grupos 15 que tem atormentado alguns citadinos aqui de Nampula, e após denúncias feitas as nossas autoridades, concretamente na 3ª Esquadra, a polícia desencadeou operações que culminaram com a neutralização destes indivíduos que estão aqui sob nossa custodia. O outro grupo trata-se de cidadãos que foram neutralizados a consumirem cannabis sativa (soruma), e acreditamos, fortemente, que são os mesmos indivíduos que na calada da noite tem invadido residências para roubar bens para alimentar esse vício de consumo de drogas”.

Ainda em relação ao grupo de assaltantes, Nacute informou que durante a semana passada três deles foram, também, neutralizados.

Os indiciados estão divididos, uns assumem ter comportamento criminoso, mas outros nem por isso.

A única mulher do grupo dos consumidores de soruma nega a prática, e assume-se prostituta, defendendo que a sua detenção é ilegal.

“Eu não fumo soruma. Cai nas mãos da polícia, porque eu estava dentro da casa. Meu trabalho é anoite”, disse a cidadã de nacionalidade malawiana.

Já para um dos integrantes do grupo dos 15, a justificação para a prática de actos ilícitos é a falta de uma fonte de sobrevivência.

“Eramos 4, e roubamos celulares, amplificadores e outros bens”, disse o individuo, justificando que “roubo há dois anos para ver o quê comer. Eu não estou e sou de uma família pobre. (Aunício da Silva)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here