Autarquia de Nampula adquire novo equipamento para a melhoria das vias de acesso

0
52

Nampula (IKWELI) – O Conselho Autárquico da cidade de Nampula, no norte do país, adquiriu um novo equipamento de construção, precisamente uma máquina Bulldozer, de modelo SD22, que vai facilitar a manutenção das vias de acesso na circunscrição.

Para o efeito, a edilidade investiu, do Fundo de Investimento Autárquico (FIA), o total de 15.000.000,00 (quinze milhões de meticais).

Importando alem fronteiras, a máquina foi recebida com pompa e circunstância, tendo sido exibida pelas artérias da autarquia, para a demonstração aos eleitores e outros curiosos.

A caravana da exibição do equipamento foi liderada pelo próprio edil, Paulo Vahanle, que no fim garantiu que a aquisição observou todos os procedimentos administrativos.

“Realmente nós, na cidade de Nampula, temos acompanhado nos bairros e diferentes pontos desta urbe, as reclamações dos nossos munícipes. Já estamos há mais de 40 anos que as nossas vias de acesso nunca serviram a atenção para serviços de manutenção, e desses levantamentos, chegamos a um acordo, que tinhas de fazer investimento dos quais, o mais importante é a aquisição de niveladoras, pá carregadoras e, finalmente, está Bulldozer que acaba de chegar, adquirimos já”, disse Paulo Vahanle, para depois acrescentar que “o concurso público foi lançado no ano passado, apesar de haver falácias de que nós não obedecemos as normas. Realmente, houve uma fase que era preciso adquirirmos o equipamento de forma urgente”.

Para Vahanle, “a máquina veio para responder as necessidades dos munícipes que reclamam pela não intervenção na reabilitação das vias de acesso na cidade de Nampula. A aquisição deste equipamento faz parte daquilo que é o nosso manifesto, aquando da campanha para assumir a presidência do município. O nosso desafio é tornar a cidade de Nampula cada vez mais limpa, porque quando se fala da limpeza, muitos vê o alcatrão e o lixo, mas há muitos elementos que intervêm para tornar a urbe limpa”.

Informações avançadas pelo presidente indicam que até este momento, a edilidade não possui de um pessoal técnico preparado para operacionalizar o Bulldozer SD22 adquirido. Contudo, “já lançamos os convites para que admitamos os melhores operadores. É verdade que havia um pessoal que trabalhou no tempo colonial, mas porque o equipamento é obsoleto, deixou de funcionar e, muitos dos operadores reformaram, não temos melhores técnicos neste momento para que possamos admitir”. (Texto: Esmeraldo Boquisse *Foto: Hermínio Raja)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here