Suécia presta apoio a pessoas deslocadas internamente em Moçambique

0
284

Maputo (IKWELI) – A Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR, sigla em inglês) anunciou, em comunicado de imprensa a contribuição do governo da Suécia em SEK (coroa sueca) 7.000.000 (USD 832.916) para a resposta às pessoas deslocadas internamente em Moçambique.

“Além deste apoio humanitário, a Suécia também concedeu ao ACNUR quase SEK 700.000.000 (USD 83.291.600) em apoio básico à Moçambique em 2021”, lê-se no comunicado em referência.

“Como parte do apoio sólido e duradouro da Suécia ao ACNUR, estamos muito gratos por esta contribuição, pois nos ajudará a assistir e proteger 27.000 refugiados e requerentes de asilo que vivem em Moçambique, bem como mais de 669.000 pessoas deslocadas internamente afetadas até agora pela violência em Cabo Delgado, com números aumentando diariamente”, disse Samuel Chakwera, Representante do ACNUR em Moçambique, citado na mesma nota de imprensa.

O mesmo documento prossegue que “além da presença do ACNUR em Nampula para a resposta aos refugiados, a Agência das Nações Unidas para os Refugiados também tem identificado e implementado programas que respondem às necessidades humanitárias mais urgentes dos deslocados e comunidades anfitriãs em Cabo Delgado e província vizinhas. Os principais objetivos do ACNUR para a resposta aos deslocados internos em 2021 incluem identificar, mitigar e responder aos riscos de protecção das populações afetadas, bem como expandir os mecanismos de protecção através da capacitação das comunidades afetadas para resolver suas próprias preocupações de protecção”.

“A Suécia prioriza os direitos e necessidades dos refugiados e pessoas deslocadas e é um dos maiores doadores do ACNUR. Estamos confiantes de que este apoio humanitário, além do nosso apoio central ao ACNUR, ajudará a prestar assistência às pessoas deslocadas internamente em Cabo Delgado e nas províncias vizinhas, particularmente às mulheres e meninas afetadas pela crise”, afirma Mette Sunnergren, Embaixadora da Suécia em Moçambique.

O comunicado conclui que “esta contribuição da Suécia faz parte do apoio de longa data do país como um dos mais importantes parceiros estratégicos e maiores doadores do ACNUR. Em linha com o Apelo Global Anual 2021 do ACNUR, a contribuição sueca apoiará o ACNUR no cumprimento de seu mandato de protecção para mais de 70 milhões de pessoas deslocadas no mundo”. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here