Home ACTUALIDADE Detido falsificador de resultados de testes da covid-19 em Nampula

Detido falsificador de resultados de testes da covid-19 em Nampula

0
129

Nampula (IKWELI) – A Polícia da República de Moçambique (PRM), em Nampula, deteve na manhã de hoje, quarta-feira (17), um individuo indiciado de falsificação e venda de resultados de testes da covid-19.

O indiciado, primeiramente, negou a prática criminal de que está sendo indiciado. “Não tenho palavras para vos dizer neste momento”, disse, inicialmente e com limitação o indiciado, o qual diante da insistência da imprensa no recinto da 1ª Esquadra da corporação insistia em “não”.

Com 35 anos de idade, o individuo veio a admitir que foi encontrado na posse de documentos falsos de resultados de testes da covid-19, e alega ser um técnico de laboratório em uma clínica privada na cidade de Nampula.

“Na verdade, estou cá porque encontraram-me na posse de resultados de covid-19”, admitiu, prosseguindo que “fui encontrado numa reprografia”, e assegura que “tenho acesso aos resultados dos pacientes”.

“Os pacientes vinham até mim por causa dos preços altos que são aplicados nos locais onde fazem os testes. Eles vinham até mim e pediam para que os pudesse ajudar, e por várias insistências acabaram me fazendo cair nessa cilada”, disse ainda, mais a vontade, explicando que aplicava “uma taxa única, que é de 3,000.00Mt (três mil meticais)”.

Quem, também, foi apresentado a imprensa pela PRM é o suposto comprador dos documentos, um cidadão de nacionalidade nigeriana, mas na colectiva refutou, apontando que “eu fui enviado para ter com um técnico que vende teste, porque meu conterrâneo quer viajar. Então, liguei para o técnico para facilitar o teste original”.

Por seu turno, Zacarias Nacute, porta-voz da PRM em Nampula, disse que “é um caso de falsificação de exames de covid-19”, e que “este indivíduo foi interpelado na via pública e no processo de revista, os membros da PRM encontraram na sua posse um arquivo contendo documentos falsos de resultados de covid-19”.

“Face a esta situação, soubesse que existia um individuo a espera de resultados da covid-19, e através das diligências dos agentes da PRM criaram condições para localizar o individuo. O indivíduo apareceu que é um cidadão estrangeiro”, concluiu o porta-voz policial. (Aunício da Silva e Hermínio Raja)