Vahanle garante não ter abandonado a estrada de Marrere e a avenida Eduardo Mondlane

0
90

Nampula (IKWELI) – O presidente do conselho autárquico de Nampula, Paulo Vahanle, garantiu na manhã de ontem, quarta-feira (10), que as obras de construção da segunda faixa da avenida Eduardo Mondlane e da estrada que liga ao Hospital Geral de Marrere serão levadas a cabo em breve.

Nos últimos três meses, Vahanle tem se destacado no lançamento de primeira pedra de pavimentação de várias ruas, e ontem não foi excepção, e as obras beneficiarão as ruas de Massingir, Francisco Matange e de Cuamba, que ligam a rua do Continuador a avenida do Trabalho.

“A segunda faixa da avenida Eduardo Mondlane, assim como a estrada que dá acesso à Marrere, já se fez o concurso, há vencedores e já está numa fase avançada. Eu acredito que, neste momento, os vencedores do concurso estão a mobilizar recursos materiais e nós acreditamos que daqui a algum tempo vamos assistir o arranque destas obras”, comentou o autarca Paulo Vahanle, ao responder à questão colocada pelos jornalistas sobre a reabilitação das estradas em referência.

Por outro lado, a fonte explica que o que falta para o seu executivo arrancar com os trabalhos, sobretudo, na reabilitação das vias nos bairros periféricos é a aquisição de uma máquina de grande envergadura, isto porque o volume de destruições nestas zonas suburbanas é maior, daí que não se pode trabalhar com uma máquina niveladora.

“Nós fomos muitas das vezes ditos como inoperantes, fracos e mais, mas o município não podia arrancar sem que tivéssemos equipamentos. Adquirimos equipamentos de forma de emergência, embora haja instituições que dizem que falhamos isto e aquilo e nós aceitamos daí que estamos a trabalhar”, anotou, para depois acrescentar que “neste momento, estamos a aguardar a chegada de uma grande máquina, a caterpillar que é um grande monstro. Já está pago cerca de 80 por cento, só com este monstro é que vamos trabalhar nas vias periféricas da cidade de Nampula”.

Em relação as três ruas, cuja construção arrancou ontem, a autarquia de Nampula desembolsou cerca de 6,000,000.00Mt (seis milhões de meticais).

“Nós decidimos fazer a pavimentação desta via porque está ligada à um grande projecto e ou casa que se chama Pavilhão de Desportos, pelo facto de ser um local que acolhe vários eventos culturais, políticos e desportivos. Ainda mais, pelo facto de estar no centro da cidade. Se tudo correr bem, nós vamos inaugurar estas obras no 1º de Maio”, disse o autarca. (Esmeraldo Boquisse)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here