Agentes da UIR pegam 30 anos de cadeia por assassinar polícia camarária em Nampula

0
81

Nampula (IKWELI) – O Tribunal Judicial da província de Nampula, no norte do país, decidiu por condenar, nesta quinta-feira (28) aos dois agentes da Unidade de Intervenção Rápida (UIR), a penas de 30 anos de prisão efectiva, por estar provada a sua autoria moral e material no assassinato a tiro de um membro da polícia municipal da maior autarquia daquela região.

A vítima foi baleada na sua residência, no bairro de Namutequeliua, em Julho do ano passado, 2020, sem motivo aparente.

O veredito proferido pelo Juiz da causa, Dr. César Fernando, incluiu uma indemnização a família da vítima, no valor de 500,000.00Mt (quinhentos mil meticais), pelos danos causados. (Redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here