Imundice nas casas de banho periga a saúde dos utentes do centro de saúde de Muhala Expansão

0
106

Nampula (IKWELI) – O centro de saúde de Muhala Expansão, localizado na periferia da cidade de Nampula, maior centro urbano do norte de Moçambique, está em volto de um ambiente de higiene e saneamento deplorável.

As casas de banho para os utentes encontram-se completamente imundas, segundo notou a reportagem do Ikweli no local, liberando um cheiro nauseabundo. Igualmente, podem se ver excrementos humanos até nas paredes das casas de banho, incluindo no recinto em volta das infra-estruturas.

“Meu caro, é preciso vir para cá, isto está horrível”, disse ao telefone o primeiro denunciante da situação.

Já no terreno, com algum receio, os utentes falam, amiúde, da situação, e contam que não é nada novo, por isso “não se deve atribuir culpa a crise de água que a cidade de Nampula enfrenta nos últimos meses”.

Situação externa das casas de banho

“Aqui sempre foi assim, e ninguém fala disso por ter medo das pessoas que dirigem aqui”, apontou uma fonte que conversou com o Ikweli no recinto do centro de saúde de Muhala Expansão.

Esta situação constitui um perigo para a saúde pública, tanto dos utentes assim como dos moradores em volta da unidade sanitária.

Para ter a posição da direcção daquela unidade sanitária, a reportagem do Ikweli dirigiu-se a secretária do gabinete da directora, de onde ficamos a saber que a responsável máxima se encontrava ausente, alegadamente, porque encontra-se doente.

Também, fomos remetidos, pela secretária da directora, aos Serviços Distritais da Saúde, Mulher e Acção Social (SDSMAS) de Nampula, a fim de obtermos autorização para entrevistar a directora do centro de saúde de Muhala Expansão.

Igualmente, contactamos, telefonicamente, ao director dos SDMAS de Nampula, Dr. Nilton Napoleão, mas não atendeu as nossas chamadas. (Aunício da Silva e Esmeraldo Boquisse)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here