A entrada para 2021 foi muito agitada em Nampula

0
177

Nampula (IKWELI) – O Hospital Central de Nampula (HCN), maior unidade sanitária do norte do país, refere que a transição do ano 2020 para 2021 não foi nada calma, e as estatísticas apontam para a entrada de, pelo menos, 60 casos de pacientes com enfermidades diversas.

Segundo dados apresentados em uma colectiva de imprensa realizada recentemente, 25 casos de acidentes de viação, do tipo choque entre motorizadas, 18 agressões físicas, bem como violações sexuais de menores da idade compreendida entre os 5 e os 9 anos de idade deram entrada no HCN.

De acordo com a Dra. Dalva Khosa, porta-voz do HCN, 16 pessoas tiveram de ser internadas pela gravidade da situação delas, e uma delas em estado crítico.

Como não devia deixar de ser, o mau uso de objectos pirotécnicos levaram duas pessoas a contraírem queimaduras do primeiro grau, respectivamente no olho e nas mãos.

“Tivemos, também, atendimento de cinco casos de mordedura animal destas quatros mordeduras caninas e uma por mordedura por crocodilo”, disse a fonte acrescentando.

Isso acontece numa altura em que ao nível daquela unidade hospitalar de referência, da região norte, existem apenas 138 unidades de sangue, quantidade considerada insuficiente quando comparada com a demanda.

“Estamos ainda em festa, e continuamos a apelar a população para que controle os seus ânimos, os casos que nós tivemos de agitação foram casos de pequenos acidentes de motorizadas, doentes embriagados, então continuamos ainda apelar a população que vamos festejar com calma e com prudência, continuamos a apelar aos dadores de sangue para que continue a sua doação de sangue nas unidades sanitárias próximas”, precisou a porta-voz do HCN. (Constantino Henriques)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here