INAE apreende fígado e arroz fora do prazo em Nacala-Porto

0
109

Nampula (IKWELI) – A delegação da Inspecção Nacional de Actividades Económicas (INAE) em Nampula apreendeu e incinerou, pelo menos, 250 caixas de fígado e 200 sacos de arroz, na semana passada, em um armazém localizado na cidade de Nacala-Porto, o mais importante entreposto comercial do norte do país.

De acordo com o delegado do IMAE em Nampula, Élio Rareque, a apreensão de produtos fora do prazo regista-se com frequência nas cidades de Nacala-Porto e Nampula, os principais centros urbanos da região norte de Moçambique, sobretudo nestes períodos da quadra festiva.

“Para além do distrito de Nacala, na cidade de Nampula, também, tem se registado casos frequentes de venda de produtos fora do prazo em pequenas quantidades. Sempre que vamos ao terreno encontramos algo”, referiu Rareque, prosseguindo que recebemos uma denúncia de um óleo que está sendo usado e está fora do prazo, a nossa equipe está a fazer um trabalho investigativo que está sendo levado a cabo para a neutralização desses agentes económicos”.

Num outro desenvolvimento, o delegado do INAE disse que um total de 5 restaurante foram multados por diversas infracções cometidas no âmbito do estado de calamidade que se está a registar no país as multas variavam de 6,800.00Mt (seis mil e oitocentos meticais) a 34,000.00Mt (trinta e quatro mil meticais), dependendo da relevância de cada caso. (Elisabeth José)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here